19/11/2009

Amor de Paz



Minha energia branca
Chegou pra te iluminar com paz
Paz de sorrisos
De café da manhã de domingo

Paz de abraços largos
De peito aberto
E coração quente

Dizes diz que te faço bem
Que te trago paz
Que sou branca

E branca eu quero ser
Pois o branco contém todas as cores
E quero ser todas as cores pra ti
E pintas em meu corpo
Cores diversas a cada hora
com teu toque que me enleva a alma

Horas de novidade, de luz e cor
Horas de saciedade, alegria e amor
E quero ser pra ti
A mais larga janela da madrugada

Pra assistir teu acordar sonolento
E ver que a lua te banha os olhos
Da mais plena e calma felicidade

Quero-te bem
Quero teu bem
Quero ser teu bem
E fazer-te bem

E só o bem é o que existirá
Num conjunto de cores diáfanas
Onde amores de fundem no teu sexo
E se acalmam depois,
para ser o branco que reluz no meu

2 comentários:

Marisa Kimie disse...

Amar é querer que o outro seja feliz, se for ao nosso lado, melhor ainda...rs
Linda sua poesia...parabéns.

O NOVO POETA disse...

um lindo poema, obrigado pela visita, abraçosssssss